Candidato

O melómano que adora café

Natural da freguesia de Santo Ildefonso, no Porto, Miguel Guimarães entrou em 1980 para a Faculdade de Medicina da invicta. Terminou a especialidade de urologia em 1997, com 19,1 no exame final. Trabalhou no Hospital de Santa Luzia, em Viana do Castelo, até 2005. Nessa altura, regressou ao Hospital de São João, onde se formara. Dá ainda consultas no privado, no Hospital da Lapa e no grupo Trofa Saúde.

A veia associativa manifestou-se ainda na juventude. Ajudou a criar a Associação Nacional de Jovens Médicos e foi treinador da equipa de voleibol feminino na faculdade. «Nunca estive só fixado nos estudos», contou ao i.

Além do investimento na parte clínica, acabou por ir gerindo o tempo entre formação de médicos e trabalho científico na área da urologia. Tem mais de cem trabalhos publicados e foi investigador principal e co-investigador em mais de 25 estudos de investigação clínica nas áreas da hiperplasia benigna da próstata, bexiga hiperactiva, disfunção erétil e carcinoma da próstata. Fernando Araújo, colega de Miguel Guimarães no Hospital de S. João, hoje (ex-)secretário de Estado Adjunto e da Saúde, destaca o seu empenhamento «incansável» em todos os projetos. Um bom exemplo, referiu ao SOL, foi a criação no Norte de uma urgência regional na área de urologia, que Miguel Guimarães coordenou. Não estava apenas ao comando, mas continuava a fazer urgência. Ainda assim, Araújo diz que o que mais o destaca é ser um bom líder. «Liderava pelo exemplo e isso faz toda a diferença».

Adora café e é um colecionador apaixonado de música. Na última edição do SOL, quando pedimos aos candidatos que falassem do que os marca além da Medicina, recomendou para leitura Ulisses, de James Joyce. O filme Lawrence da Arábia, de David Lean. A viagem da sua vida foi conhecer as Ilhas Galápagos, no Equador. O disco de eleição é Kind of Blue, de Miles Davis. Sem saber se o futuro da saúde no país será triste ou risonho, Miguel Guimarães – que acredita que o SNS está em maior risco do que no tempo da troika – toma posse nas próximas semanas.

In Jornal i, 23 Janeiro 2017

Miguel Guimarães
Assinatura Miguel Guimarães